Deus é naja

Tenho um amigo, cujo nome, por muitas razões, não posso dizer, conhecido como o mais Dark. Dark no visual, dark nas emoções, dark nas palavras: darkésimo. Não nos conhecemos há muito tempo, mas imagino que, quando não havia darks, ele já era dark. Do alto de sua darkice futurista, devia olhar com soberano desprezo para aquela extensa legião de paz e amor, trocando flores, vestida de branco e cheia de esperança.

Abreu, Caio Fernando.


bjuss kaka

0 comentários:

Postar um comentário

 
Layout feito por Adália Sá | Não retire os créditos